viernes, 9 de octubre de 2015

# 105 DEL LIBRO "Y"




# 98 DEL LIBRO "Y"

COMO  QUISIERA  PASAR  CADA  INSTANTE  A  TU  LADO...
COMERTE . . .  SABOREAR  LA  CREACIÓN  MÁS  EXQUISITA
QUE  DIOS  HA  HECHO  SÓLO  PARA  MÍ.





# 50 DEL LIBRO "Y"




# 63 DEL LIBRO "Y"

LA  TORTURA  DEBERÍA  SER  UN  DON,
YA  QUE  POCOS  SABEMOS  LO QUE  ES  MORIR
CON  TANTO  MASOQUISMO.




# 27 DEL LIBRO "Y"

ENTIENDES O MÁS CLARO ???




# 95 DEL LIBRO "Y"


HACE CUÁNTO QUE NO NOS VEMOS???? 
EXTRAÑO TU SABOR Y ESE PENETRANTE AROMA TUYO QUE ME ENLOQUECE




https://www.facebook.com/MI-AMADA-YAYA-876966479085027

miércoles, 7 de octubre de 2015

# 14 DEL LIBRO "Y"



https://www.facebook.com/MI-AMADA-YAYA-876966479085027

# 13 DEL LIBRO "Y"



MI AMADA YAYA

OS AMANTES URSINHOS . . .



Era uma vez um mundo cheio de angustia em o qual vivía um urso apático, irritado e amuado; mas no fundo, sem que ninguém percebesse, era um ursinho doce, amoroso e sonhador.

Longe de lá, em outro mundo, vivía (habitava) uma ursa muito vaidosa, que passava a maior parte de seu tempo tirando fotografías de todos os lugares que ela gostava, assim como também de ela mesma; pois pensaba que algum dia, quando ela estivesse mais velha, todos se lembrariam de como ela foi, uma ursa muito bela, de acordo com ela.

Um dia, enquanto perambulava entre as páginas e grupos, ela descobriu esse doce ursinho, a ao vê-lo, ela ficou apaixonada dele; mas sendo tão desconfiada como era, não tomou importância e disse:

- Não, não me vai acontecer de novo.

passavam os días eo urso escrevia com tanta insistencia, pois ele desejava falar con ela, embora fora um só momento; porém, a ursina se comportava com relutância, até que um bom dia ela decidiu conhecê-lo completamente.

- Não há dúvida de que o amor existe. – Pensou a ursinha, porque a partir desse momento permaneceu completamente apaixonada pela maneira de ser do ursinho.

As coisas não sempre foram cor de rosa, também tinham por vezes seus problemas como qualquer outro casal; mas dentro de tudo, eram apenas circunstancias causadas pela grande distancia entre os dois mundos, o qual os mantém longe, e coisa contraditória, ainda assim tão perto um do outro.

Não houve nem um dia em que eles não conversaram; em que não falaram de seus problemas; de suas ilusões; de seus sonhos… tudo o que eles ansiavam era simplesmente o fato de estar juntos para sempre.

Eu nunca tinha visto um romance assim. É como assistir o filme mais romântico e sonhado por qualquer pessoa. É como ler o conto de fadas com o seu final perfeito e feliz. É como o espectador que está testemunhando a história impossível e pensa que isso não pode acontecer na vida real; e mesmo assim, está acontecendo diante de seus olhos e esse fato le confrma que a vida tem surpresas agradáveis, e é aí quando ele pensa que tudo é possível quando há fé no que você ama.

Com a passagem do tempo, a ursa cada vez mais acreditava que tudo era possível, que não havia nenhum obstáculo tão grande para não estar ao lado de ese urshino doce e o qual amava com tudo seu ser; mas como dizem: “NÃO SEMPRE PODE SER TÃO BELO”. Em tudo conto de fadas mora o mal, ás vezes toma a forma de uma “madrasta”; de uma “bruxa”; um “pirata mau”; um “rei enchido de ódio” ou de um “animal selvagem”. Neste caso o mal decidiu não ter uma imagem humana, senão simplesmente a possível fatalidade de um destino incerto.

Por varios meses os amantes têm conseguido sair vitoriosos contra os obstáculos que encontraram em seu camino, e não tenho dúvida de que nesta ocasião será o mesmo; pois já aprendi nesta história que nada é impossível, é só uma questão de fé, lembrar que a vida é um mar de posibilidades e quando um ama é mais fácil de suportar os sofrimentos.

Ainda (preciso) me falta contar o fin deste belo conto, e embora eu gostaria de já fazer-lo, me impede o fato de não saber-lo; mas tenho fé que tudo vai acabar em um “VIVERAM FELIZES PARA SEMPRE”, ou, pelo menos a realização tão esperada destes doces e constantes amantes.




https://www.facebook.com/MI-AMADA-YAYA-876966479085027

# 5 DEL LIBRO "Y"



MI AMADA YAYA